terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Não sei definir quem sou!

Não sei definir quem sou!
Não sei apenas olhar!
Necessito tocar!
Não sou alegre em todo tempo!
Nem triste por alguns momentos!
Vivo do encanto dos olhos!
Da liberdade dos sonhos!
Acredito em expressão d afeto!
No silêncio do amor!
Nos gritos da paixão!
Não sei poetizar o q não sinto!
Vivo d poetar vivendo!
Sou amante dos segredos!
Viajante da loucura!
Amiga dos amigos!
Ansiosa pelo amanhã!
Creio no poder da Fé!
Sou poeta serva!
Acredito q posso voar!
Q asas crescem um pouco mais a cada amanhecer!
Sou quente como o sol!
Romantica como a lua!
Acredito q estrelas cabem na palma das mãos!
Q um sorriso pode ser guardado p/ sempre!
Q d um abraço se faz um laço!
Descobri q trago em mim a mulher e a poeta!
Um encontro sem despedida!
Nasci c/ palavras soltas dentro d mim!
Qdo mulher as interpreto!
Qdo poeta as faço viver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário